Sexta-feira, 15 de dezembro de 2017.
Notícias ››  

Projeto Sogra se apresenta ao Brasil!

publicada em 04 de abril de 2011
No dia 29 de março nos apresentamos ao Brasil através do Programa do Ratinho. O Programa trouxe vários quadros bastante variados: um teatrinho chamado “O Fantasma da Sogra”, uma representação real de conflito entre nora e sogra, um depoimento de um casal apresentado em tela e uma entrevista de Ratinho com Cristina Schroeter Simião, diretora da ADITEPP e coordenadora do Projeto. Nesta entrevista foram destacados os objetivos do Projeto Sogra: gerar novas representações, mais positivas e justas sobre a figura e o papel da Sogra na família. Pretendemos elaborar “dicas” para melhoria na convivência entre Sogras/Noras/Genros, concluindo com a apresentação dos principais “mandamentos” para boas relações com a Sogra, em família.
Versão para impressão Envie para um amigo Deixe seu comentário

Envie esta notícia para seus amigos

Seu nome:
Seu e-mail:
Enviar para:
envie para vários e-mails separando-os com vírgula

Deixe seu comentário sobre esta notícia

Seu nome:
Seu e-mail:
Escreva seu comentário:
0 caracteres utilizados. Máximo 100 caracteres.

Digite o código contido na imagem ao lado:
Caso não consiga ler o texto da imagem, clique aqui.

3 Comentários

04/04/2011 às 21:34
eldo escreveu:
Olá, deixo aqui meu parecer: maltratar, desrespeitar ou desprezar a sogra, ou contar piadas, deveria ser considerado: CRIME - DISCRIMINAÇAO - e DEVERIA CORRER PROCESSO!!! Vamos lutar pra que isso vire lei!!!
04/04/2011 às 21:26
jeny escreveu:
Gostei da materia apresentada por vcs no ratinho! Eu desde sempre tive esta ideologia, ora, uma mae que dá tudo de si pelo filho/a merece respeito, gratidao e muita honra!! Parabens á aditepp!
04/04/2011 às 21:21
Jeny Antunes escreveu:
Parabens!! Fiquei emocionada pelo trabalho que vcs estao fazendo em prol da sogra! Ainda nao sou sogra, mas, sempre, desde jovem me senti mal quando alguem fala mal da sogra,ou conta piadas, humilhando,e menosprezando. Ora, uma mae que dá tudo de sí pelo filho/a, nao merece isso!!!

Contato

Telefone
(41) 3223-3260